A Federação Europeia de Taekwondo decidiu transferir o torneio de qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio2020 de Milão para Moscovo, entre 16 e 18 de abril, devido à epidemia de Covid-19.

Em comunicado, aquele organismo explica que tomou a decisão “com base na ordem administrativa decretada pelo governo italiano na quarta-feira”, que deixou os responsáveis pela modalidade “sem outra opção que não mudar de local”.

“A prova vai agora realizar-se em Moscovo e o apuramento paralímpico decorrerá em 16 de abril, enquanto o olímpico decorrerá em 17 e 18”, pode ler-se na nota de imprensa relativa à competição, que vai atribuir as últimas vagas para Tóquio2020 e contará com a participação de portugueses.

A Itália é o país europeu mais afetado pelo novo coronavírus, com mais de 3.000 casos confirmados e de 100 mortos, o que levou o governo a decretar que os grandes eventos desportivos, como os jogos de futebol dos principais escalões, se realizem sem a presença de público.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou 3.385 mortos e infetou mais de 98 mil pessoas em 87 países e territórios, incluindo nove em Portugal.

Das pessoas infetadas, mais de 55 mil recuperaram.

Além de 3.042 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas, San Marino, Iraque, Suíça, Espanha, Reino Unido e Países Baixos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.