As campeãs africanas, em cinco jogos, venceram dois e perderam três, tendo ficado na quarta posição do grupo A. Com quatro pontos, de duas vitórias, são a melhor equipa africana na fase inicial do Campeonato do Mundo de Andebol sénior feminino, que decorre em Kumamoto, no Japão

O sete angolano perdeu nas duas primeiras jornadas frente à Sérvia (25-32) e Holanda (28-35). Depois derrotou a Eslovénia (33-24), voltou a baquear diante da Noruega (24-30) e esta sexta-feira venceu Cuba por 40-30, no último jogo da fase de grupos.

Apesar de não se ter qualificado para a fase do título, Angola melhorou a sua classificação no 24º edição do Campeonato do Mundo sénior feminino de andebol, que decorre no Japão, comparando com a participação de 2017, onde ocupou a 19ª posição.

Angola vai jogar domingo diante da França as classificativas do 13º ao 16º lugares, superando o 19º lugar da prova anterior, decorrida na Alemanha.

Longe da melhor prestação de sempre, o sétimo lugar em 2007, no mundial de França, as pérolas ficaram na quarta posição do grupo A, com quatro pontos.

Em cinco jogos disputados, as campeãs de África perderam com a Sérvia (25-32), Holanda (28-35) e Noruega (30-24). Venceram a Eslovénia (33-24) e Cuba (40-30), no fecho da fase regular.

Na sua décima quinta participação na prova, Angola almejava passar para a segunda fase.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.