O mês em que todo o desporto parou

COVID-19: FC Porto dá três alternativas para ressarcir sócios com lugar anual
créditos: SAPO Desporto

Foi o mês em que o futebol parou, adiado por uma estranha pandemia que colocou o mundo em pausa. Com a COVID-19 a disseminar-se por todo o mundo globalizado,  todos os campeonatos europeus acabaram por ser suspensos e sem então data para o regresso, que acabaria por acontecer no caso português no dia 4 de junho.

Revista do Ano 2020: notícias, insólitos, vídeos e fotos mais marcantes do ano

Foi no dia 12 de março que a I Liga e II Liga foram suspensas por tempo indeterminado. Depois de uma primeira decisão para se jogar à porta fechada, o organismo que gere a competição decidiu mesmo cancelar de forma provisória as duas provas.

A decisão surgia depois de também a Federação Portuguesa de Futebol ter decretado a suspensão das competições de futebol não profissional e de futsal, a nível masculino e feminino.

Veja as galeria do mês de março

O próprio Sindicato dos jogadores, e depois de consultados os capitães de equipa, já tinha dado conta de que não existiam condições para o desenvolvimento da "atividade profissional de futebolista em segurança", de acordo com o comunicado do SJFP.

A bola só voltaria a rolar no dia 4 de junho.

Futebol interrompido pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial

Com as competições internas a serem suspensas em todo o mundo, acabou por ser recebida sem surpresa a notícia do adiamento da 16.ª edição do Europeu de 2020 para 2021. Foi mesmo a primeira grande interrupção do futebol desde a Segunda Guerra Mundial.

Foi este conflito à escala global, iniciado em 1939, com a invasão da Alemanha à Polónia e que se prolongou até 1945 que provocou a última grande paragem do desporto, cancelando na altura dois Campeonatos do Mundo.

Já em termos de europeus, competição que se iniciou em 1960, foi mesmo a primeira vez que a prova não se realizou numa sequência de quatro anos. O Euro 2020 - a UEFA decidiu a mesma nomenclatura - vai assim disputar-se cinco anos depois da conquista portuguesa no Euro 2016 em França.

Jogos Olímpicos só em 2021

Tóquio2020 pede retirada de imagem que funde logo olímpico com novo coronavírus
créditos: SAPO Desporto

Com o adiamento das principais competições no desporto rei, a notícia da suspensão da organização dos Jogos Olímpicos em Tóquio seria apenas uma questão de tempo. A confirmação chegou no dia 24 de março da boca do presidente japonês e do COI, Shinzo Abe e Thomas Bach.

De acordo com um documento tornado público pelo COI a decisão foi tomada "para salvaguardar a saúde dos atletas, de toda a gente envolvida nos Jogos Olímpicos e de comunidade internacional".

Com o adiamento e mesmo o cancelamento das competições profissionais de futebol (como aconteceu na Bélgica, Holanda e França), as outras modalidades também sofreram um 'apagão'. Provas como o Estoril Open ou o Mundial de hóquei no gelo foram canceladas. Outros eventos foram adiados.

Covid-19: O surto que está a parar o desporto
Covid-19: O surto que está a parar o desporto
Ver artigo

Feitas as contas, rara foi a modalidade que não adiou ou cancelou uma competição. Talvez uma das únicas excepções foi o maior evento de luta livre do mundo: A Wrestlemania manteve a data de realização para o dia 5 de abril.  No entanto, devido à pandemia de Covid-19, o mítico evento decorreu à porta fechada, no centro de treinos da WWE, em Orlando - estava previsto realizar-se em Tampa Bay.

Terá sido no Atalanta - Valência a origem do surto de coronavírus na cidade de Bérgamo em Itália?

créditos: SAPO Desporto

Em março, Bérgamo em Itália estava no epicentro do novo coronavírus. Ora nessa altura já se especulava que o jogo entre a Atalanta e o Valência, no dia 19 de fevereiro em Milão (na casa do AC Milan) poderia ter estado na origem de surto de coronavírus em Itália. A partida disputou-se dois dias antes de ter sido confirmado o primeiro caso no país. Para muitos o encontro foi um propagador de Covid-19". O Atalanta-Valência foi uma "bomba biológica" que nunca devia ter sido autorizada.

Na altura, o jogo provocou uma romaria à cidade mais importante do norte de Itália. A Atalanta venceu o encontro por 4-1, e o saboroso triunfo deixou os adeptos de Bérgamo com um sorriso de orelha a orelha. Ora Alejandro 'Papu' Gómez, disse na altura, que seria esse jogo a origem da epidemia naquela cidade. "Acho que o que se passa hoje em Bérgamo pode ter acontecido porque temos um dos melhores hospitais da Lombardia e muita gente vem para ser atendida, mas também por causa do jogo que fizemos com o Valência. Temos 120 mil habitantes e nesse dia 45 mil deslocaram-se a San Siro. Foi um jogo histórico para a Atalanta, uma loucura. A minha mulher demorou três horas a chegar a Milão quando normalmente em 40 minutos está lá", disse o argentino em declarações ao desportivo 'Olé'. O jogador deixou ainda críticas pelo facto da segunda mão do encontro, que se realizou no dia 10 de março, não ter sido adiada. "Fazer esses jogos foi uma péssima ideia. Nessa altura ainda não havia muitos casos, ninguém conseguia perceber da gravidade e não se percebeu a dimensão que podia tomar. Na segunda mão já estava instalado o caos em Itália, mas Espanha ainda estava no início. Fomos a Valência e não havia controlos. Estavam todos relaxados. Agora é o segundo país da Europa com mais contágios", referiu.

O adeus de Silas e a chegada de Rúben Amorim

As imagens da apresentação de Rúben Amorim no Sporting
Créditos: André Kosters/LUSA créditos: LUSA

A derrota do Sporting em Famalicão ditou a saída de Silas do comando técnico da equipa, mas teve ainda mais consequências para o conjunto verde e branco. O desaire por 3-1 na 23.ª jornada fez com que o Sporting chegasse à 15.ª derrota, com os leões a igualarem o pior registo numa só temporada.  Em toda a sua história, apenas em duas outras ocasiões o Sporting somou tantas derrotas numa só temporada. Foi em 2000/01, época que se seguiu à conquista do título ao fim de 18 anos de espera e em 2012/13.

Acabou por ser na conferência de imprensa após o jogo em Famalicão, que Silas abriu a porta ao sucessor Rúben Amorim. Contratado ao SC Braga por uma soma recorde (10 milhões de euros), o técnico de 35 anos chegou a Alvalade com toda a pompa e circunstância.

Veja o vídeo de apresentação de Rúben Amorim no Sporting

Durante a apresentação como novo técnico dos leões, Amorim confessou que "talvez tenha escolhido o desafio mais difícil, mas é o desafio que eu quis". Também durante a cerimónia, Frederico Varandas vaticinou que em breve "Rúben Amorim será muito grande para o futebol português." Por fim, o novo homem forte do futebol do clube de Alvalade foi confrontado com uma pergunta polémica. Como é que um fanático benfiquista se vai converter num sportinguista? Amorim respondeu desta forma: "Fanático pelo Benfica? Sou fanático por ganhar".

A festa do City com a vitória na Taça da Liga Inglesa

As imagens da festa do Manchester City após vencer a Taça da Liga inglesa
Bernardo Silva, Benjamin Mendy, Riyad Mahrez e Raheem Sterling. Créditos: EPA créditos: Lusa

No início de março, antes mesmo da pandemia parar todas as competições, o Manchester City vencia a Taça da Liga. Os 'citizens' conquistavam esse troféu pela sétima vez, depois de baterem na final disputada em Wembley o Aston Villa, por 2-1. Foi o oitavo título conquistado por Pep Guardiola em quatro épocas como treinador dos 'citizens', sendo a terceira vez consecutiva que o técnico catalão venceu a prova.

Num estádio cheio, com 80 mil espectadores, - número utópico para os tempos que vivemos - os golos do conjunto de Manchester foram apontados por Aguero e Rodri. Samatta ainda reduziu para o Villa, mas o resultado não sofreria mais alterações. Com o título na Taça da Liga, também o português Bernardo Silva logrou a oitava conquista como jogador do City. Entrou ao minuto 77´, para o lugar de David Silva.

Caso Alcochete: Das acusações iniciais à absolvição de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho

Depois de um julgamento complexo, num caso que teve origem no dia  15 de maio de 2018 e contou com um enorme mediatismo nos órgãos de comunicação social, Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting,  Bruno Jacinto, ex-Oficial de Ligação aos Adeptos, e Nuno Mendes, conhecido por 'Mustafá', líder da JuveLeo, foram no final de março absolvidos da autoria moral da invasão à Academia do clube, em Alcochete.

Das acusações iniciais à absolvição de Bruno de Carvalho: Uma cronologia do julgamento da invasão à Academia de Alcochete
Das acusações iniciais à absolvição de Bruno de Carvalho: Uma cronologia do julgamento da invasão à Academia de Alcochete
Ver artigo

A juíza Sílvia Pires disse na leitura da sentença que não foram provados os factos apontados a estes três arguidos, ao contrário do que sucede com as acusações imputadas aos restantes 41 arguidos do processo. Não foi provado que as críticas de Bruno Carvalho, que liderou os ‘leões’ entre 2013 e 2018, nas redes sociais tivessem incentivado os adeptos a agredirem alguém, nem de forma implícita, assim como não foi estabelecida relação de causa e efeito entre a alegada expressão “façam o que quiserem” e o ocorrido na Academia. Igual conclusão foi tida sobre Mustafá e Bruno Jacinto. Na leitura do acórdão foram ainda excluídas as condenações por terrorismo, uma vez que os arguidos tinham um alvo definido, sem interferirem com a paz pública, e sequestro.

 O adeus de Tom Brady aos New Englands Patriots

As melhores imagens do Super Bowl 2019
Tom Brady agradece os colegas. Maddie Meyer/Getty Images/AFP créditos: 2019 Getty Images

Tom Brady anunciou em março o adeus aos New England Patriots, equipa de futebol americano na qual conquistou seis títulos em 20 anos. O 'quarterback' de 42 anos deu a conhecer a decisão numa emocionante carta partilhada nas redes sociais.

"Não sei o que reserva o meu futuro no futebol [americano], mas esta é a altura de iniciar uma nova etapa na minha vida e carreira", escreveu o atleta norte-americano.

Brady representou os New England Patriots durante 20 temporadas, tendo conquistado seis vezes o Super Bowl, o que o torna o jogador com mais títulos da NFL. Depois de deixar o Patriots, o 'quarterback' de 42 anos assinou um vínculo com os Tampa Bay Buccaneers.

App do SAPO Desporto de cara lavada

Foi também no terceiro mês de 2020 que atualizámos a nova aplicação do SAPO Desporto, se não a tem ainda, pode fazer o download do SAPO Desporto.

Faça download da 'app' do SAPO Desporto, clique aqui para Android e aqui para iOS

Arrancámos com a rubrica Treino em Casa

Treino em casa: cada um faz o que pode, com o que tem à mão
De um terraço para outro: Vittoria Oliveri, de 13 anos, joga ténis todos os dias com Carola, de 11 anos, nos terraços das suas casas em Finale Ligure, na região da Ligúria, norte de Itália. @MARCO BERTORELLO / AFP) créditos: AFP or licensors

Com muitos atletas a verem-se obrigados a treinar em casa devido ao confinamento, inaugurámos a rubrica Treino em Casa, dando voz àqueles que se viram impedidos momentaneamente de exercer a sua profissão, perante a incerteza que trouxe a pandemia do novo coronavírus. Leia ou releia alguns dos artigos deste trabalho exclusivo dos jornalistas do SAPO Desporto.

Desporto em casa

EXCLUSIVO - O isolamento por Alexis Santos: "Já não entro na piscina, faz hoje duas semanas"

O isolamento por Mónica Soares: Do 'desenrascanço' com garrafões até aos puzzles

O isolamento por Pedro Portela: "O mais díficil é não haver interação, não puxarmos uns pelo outros"

Revista do Ano 2020: notícias, insólitos, vídeos e fotos mais marcantes do ano

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.