Jovane Cabral saiu lesionado do jogo entre Sporting e Varzim (2-1), que aconteceu na noite desta quinta-feira, no Estádio de Alvalade, para a Taça de Portugal.

Aos 53 minutos, o jogador leonino tentava chegar a um passe de Nuno Santos, quando escorregou no relvado e fez uma hiperextensão do joelho esquerdo.

Jovane Cabral saiu de campo pelo próprio pé para ser assistido e ainda voltou ao terreno de jogo, mas não aguentou as dores e acabou por ser substituído por Pedro Gonçalves.

Depois do encontro, Rúben Amorim falou da lesão do jovem jogador e admitiu que o estado do relvado pode ter causado a lesão.

"É o mais preocupante do jogo. É a grande tristeza do jogo. Já passou por muito, é muito importante na nossa equipa. Não se sabe, nunca se sabe. Mas nós estamos aqui para ele. Há de recuperar, voltar, e ser muito importante para nós", começou por referir.

"Sabemos que as pessoas que estão responsáveis pelo relvado fazem o melhor que podem, Nós fazemos esse acompanhamento, mas temos de melhorar o relvado. Já o trocámos e estamos a tentar fazer tudo, mas obviamente que tem impacto no jogo", acrescentou.

"Eu lembro-me de várias bolas em que estamos claramente em superioridade para fazer um passo simples e a bola salta, ou o jogador não consegue equilibrar-se. Reforço que as pessoas fazem o melhor que podem, mas se calhar teve impacto na lesão do Jovane. E como teve no Jovane pode ter também num adversário, portanto temos que evitar e tentar melhorar", rematou o treinador do Sporting.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.