Roger Schmidt, timoneiro do Benfica, analisou o triunfo frente ao Penafiel.

"Penso que estivemos bem, tivemos algumas oportunidades na primeira parte, mas precisámos de ter paciência. Marcámos na segunda parte e podíamos ter feito mais golos. É sempre bom ganhar jogos e agora vamos ter alguns dias de folga", atirou o técnico alemão.

Trocar jogadores

"Tivemos de trocar alguns jogadores, mas eles mostraram que têm qualidade e que estão em boa forma. Pudemos jogar dentro do mesmo estilo, é o mesmo Benfica, por isso estou satisfeito com todos."

Sobre o golo de Enzo Fernández pela Argentina

"Não tenho medo, quero que ele mostre todo o seu valor e espero que ele possa ser titular. Estou contente por ele e com o Nico também. Dou-lhe os parabéns pelo golo que marcou e espero que faça um grande Mundial."

Também Gilberto, autor de um golo frente ao Penafiel, analisou a partida da Taça da Liga.

"Procuramos não fugir das nossas características, independentemente do nosso adversário. Conseguimos chegar ao primeiro golo e graças a Deus que tive a oportunidade de marcar. Fico muito feliz, mas o mérito é de todo o grupo que trabalhou bastante. Procuramos a vitória desde o início e conseguimos os dois golos."

Registo da invencibilidade

"Pensamos jogo a jogo. É um mérito enorme da equipa conquistar esta invencibilidade. Temos de continuar jogo a jogo, manter o nosso estilo de jogo que é importante, entrar focados nos jogos."

Competição com Bah no lado direito da defesa

"Sabemos que há uma grande competitividade no Benfica. Temos grandes jogadores, fico feliz por ter mais uma oportunidade, dou o meu máximo em cada minuto que jogo. É o Benfica que sai a ganhar."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.