Há apenas um mês e meio, o FC Porto somava a segunda derrota no campeonato. A deslocação a Paços de Ferreira acabou por ser de 'mau agoiro' para os portistas depois de um desaire (3-2) que possibilitou ao líder Sporting distanciar-se do campeão. Daí para cá, os dragões entraram numa espiral de bons resultados. Em nove partidas, o FC Porto somou oito vitórias (Marselha (duas vezes), Portimonense, Fabril, Santa Clara, Tondela (na Taça de Portugal e campeonato) e Olympiacos). Nesse conjunto de jogos, os dragões somaram apenas um empate frente ao poderoso Manchester City (0-0). Com a distância encurtada para o líder Sporting (de seis para quatro pontos), os dragões estão em todas as frentes e atravessam um excelente momento de confiança, depois de terem almejado os oitavos de final da Liga dos Campeões. Um dos objetivos passa agora pela Taça da Liga, competição onde os portistas ainda não saborearam a vitória.

No último fim de semana, para o campeonato, o FC Porto venceu o Tondela por 2-1 na quarta eliminatória da Taça de Portugal. Já o Paços de Ferreira caiu na competição de uma vitória retumbante do Sporting em Alvalade por 3-0. Quererá agora o FC Porto redimir-se e devolver a derrota imposta na Mata Real na sexta-jornada.

Histórico de confrontos

Em partidas oficiais no seu reduto, o FC Porto já recebeu o Paços de Ferreira em 21 ocasiões. No deve e haver, saldo claramente favorável aos portistas. Em 21 jogos, os dragões somaram 18 triunfos e apenas três empates. Nunca o emblema da Capital do Móvel conseguiu impor-se no covil do Dragão. Porém os portistas estão avisados para o que poderá fazer a equipa orientada por Pepa, um conjunto bem organizado e com armas para conseguir ferir o FC Porto.

Momento de forma

Com um bom arranque na Liga e a ocupar atualmente o sexto lugar da tabela, dezembro tem sido uma espécie de luta de David contra Golias, semana sim, semana sim para o Paços de Ferreira. No presente mês, os pacenses defrontaram o Benfica (Luz) para a Liga, somando uma derrota por 2-1. Na última sexta-feira, os castores foram eliminados da Taça de Portugal (Em Alvalade) frente ao Sporting por 3-0. Segue-se agora a deslocação ao Dragão. Já o FC Porto, desde a derrota precisamente frente a este adversário, tem tido um percurso, desde novembro, praticamente imaculado. Obtida a qualificação para os oitavos da Taça de Portugal e Liga dos Campeões, o objetivo passa agora pelas meias-finais da Taça da Liga. No campeonato, o FC Porto ocupa o terceiro lugar, a quatro pontos do líder Sporting.

Equipas

No lado dos portista, Zaidu continua entregue ao departamento médico para tratar de uma lesão sofrida no encontro frente ao Tondela e não deverá ser opção para o encontro frente ao Paços de Ferreira. Já Pepe realizou treino integrado condicionado e poderá ser opção frente ao pacenses. Mbaye e Marcano continuam indisponíveis no conjunto portista. Do lado do Paços de Ferreira, Pepa admitiu fazer várias alterações frente ao FC Porto.

O que disseram os treinadores?

Durante a antevisão da partida frente ao Paços de Ferreira, Sérgio Conceição admitiu que a derrota frente aos castores, na sexta-jornada, foi mesmo o pior jogo da sua equipa desde que orienta o FC Porto: "O que esperamos do adversário é o que têm feito nas diferentes competições em Portugal. Têm uma identidade que conhecemos, se mudarem será um ou outro jogador. Não mudará a dinâmica da equipa. Mas não sabemos o que preparam em termos estratégicos e temos de estar preparados. Temos de nos focar no que temos de fazer perante um adversário que já defrontamos esta época e frente ao qual cometemos muitos erros", referiu o técnico na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Já o treinador do Paços de Ferreira, Pepa, considerou inevitável" fazer alterações no ‘onze' que vai defrontar o FC Porto. Contudo sem descurar a ambição de vencer no Dragão e passar às meias-finais da Taça da Liga de futebol.

"É um orgulho enorme podermos disputar o acesso à ‘final four', mas temos a responsabilidade de analisar tudo, andamos com muito cuidado com a gestão física dos jogadores e o desgaste emocional tremendo causado pela preparação dos jogos, stress das viagens e competitivo. É inevitável [fazer alterações], mas temos confiança total no plantel", disse Pepa, em conferência de antevisão ao jogo de quarta-feira.

Arbitragem

António Nobre foi o árbitro escolhido para a receção do FC Porto ao Paços de Ferreira, o encontro realiza-se esta quarta-feira às 18h45. Os assistentes são Pedro Ribeiro e Nuno Pereira. O 4.º árbitro é Manuel Mota. O VAR é Hélder Malheiro, no AVAR vai estar Rui Cidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.