Sérgio Conceição não cumprimentou Rúben Amorim, no final do jogo entre o SC Braga e o FC Porto, ganho pelos minhotos por 1-0, na final da Taça da Liga. Na zona de entrevistas rápidas, o treinador dos minhotos deu conta do sucedido e garantiu que também faria o mesmo.

"Não, não falámos [depois do jogo]. Sou um pouco parecido com ele – depois de perder, não quer ouvir nem cumprimentar e eu respeito isso. É dar tempo. Quem perde desta maneira, com um golo no último minuto, num jogo em que o FC Porto esteve por cima do jogo, perder a Taça da Liga – é respeitar essas pessoas e deixá-las estar no seu canto. [Sérgio Conceição] É um grande treinador. Por vezes o futebol é injusto e cruel – sentiu mais um título perdido e isso revela o mister que é. Tem feito um trabalho excelente no FC Porto, é um grande treinador e penso que vai continuar", elogiou o treinador dos minhotos.

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga em futebol, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham conseguido em 2013.

O médio Ricardo Horta marcou o golo decisivo a um minuto do final do período de descontos e garantiu a conquista do troféu, num jogo disputado no Estádio Municipal de Braga.

O FC Porto, que já tinha chegada à final nas épocas 2009/10, 2012/13 e 2018/19, continua sem conseguir vencer a única competição nacional que ainda não consta no palmarés ‘azul e branco’.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.