O Benfica defronta esta noite o SC Braga, em jogo das meias finais da Taça da Liga. A equipa 'encarnada' está a braços com vários casos de COVID-19 no plantel, sendo que a defesa é dos sectores mais afetados.

Do quarteto defensivo que atuou na última jornada no Dragão na passada sexta-feira, não resta ninguém. Gilberto, Otamendi, Vertonghen e Nuno Tavares estão infetados com o novo coronavírus, assim como Grimaldo, lateral esquerdo que jogou a ala no empate 1-1 frente ao FC Porto (fez o golo do Benfica).

Além destes cinco defesas, Jorge Jesus não poderá contar com Diogo Gonçalves, jogador que tem atuado também a lateral direito. O jovem português também está infetado com COVID-19.

Assim, para a lateral direita deverá jogar o jovem João Ferreira (André Almeida, o outro lateral, está lesionado. A outra possibilidade é Felipe Cruz, lateral direito de 18 anos da equipa B. A defesa central, há Todibo, que fez uma boa exibição na goleada ao Estrela da Amadora para a Taça. Jorge Jesus tem ainda Jardel, Ferro e Morato para o centro da defesa, e ainda Samaris, que poderá fazer esse lugar. Na lateral esquerda, Cervi é uma possibilidade assim como Rafael Rodrigues, da equipa B.

A comitiva do Benfica já se encontra numa unidade hoteleira na Batalha, onde irá ficar até ao término da Taça da Liga, caso os encarnados consigam superar o SC Braga no encontro desta quarta-feira das meias finais.

Entre os jogadores encarnados presentes no estágio, destaque para Everton Cebolinha, que esteve em risco devido à COVID-19. A mulher testou positivo, mas o jogador contou com um resultado negativo.

Os encarnados não anunciaram que jogadores integram a comitiva, mas Waldschmidt, Gilberto, Vertonghen, Diogo Gonçalves, Grimaldo, Otamendi e Nuno Tavares ficam de fora devido ao facto de estarem infetados.

COVID-19 não larga Benfica

O Benfica tem sido muito fustigado com casos de COVID-19 esta época. Vários jogadores do plantel principal já contraíram o vírus, assim como alguns elementos do staff técnico e médico.

Entre os jogadores, Svilar, Grimaldo, Jardel, João Ferreira, Otamendi, Nuno Tavares, Gilberto, Diogo Gonçalves, Vertonghen, Gabriel, Pizzi, Weigl, Taarabt, Waldschmidt, Seferovic, Gonçalo Ramos, Darwin e Cervi, já testaram positivo para a COVID-19 esta época. O defesa Todibo também já foi infetado, em agosto último, quando ainda estava no Barcelona.

Dos jogadores utilizados esta época por Jorge Jesus, apenas os guarda-redes Vlachodimos e Helton Leite, os defesas Ferro e André Almeida, os médios Chiquinho, Samaris, Everton, Rafa e os avançados Pedrinho e Facundo Ferreyra ainda não forma infetados com o novo coronavírus.

Da equipa técnica e médica, o Benfica não divulgou quais os infetados mas a imprensa portuguesa avança que João de Deus (treinador adjunto), Pietra (treinador adjunto), Fernando Ferreira (treinador de guarda-redes), Paulo Lopes (treinador de guarda-redes), Mário Monteiro (preparador físico), Márcio Sampaio (recuperador físico), Ricardo Antunes (médico), Rodrigo Araújo (analista), Gil Henriques (analista), Tiago Oliveira (adjunto), Evandro Mota (psicólogo), Telmo Firmino (fisioterapeuta) e Paulo Rebelo (fisioterapeuta) também testaram positivo para a COVID-19.

Luisão, secretário-técnico também está infetado com o novo coronavírus, como o mesmo anunciou nas redes sociais. Tiago Pinto, antigo diretor-geral (mudou-se para a AS Roma) também já foi infetado. O presidente do clube, Luís Filipe Vieira, também contraiu o vírus da COVID-19.

O SC Braga-Benfica está agendado para às 19h45 desta quarta-feira. O vencedor medirá forças com o Sporting no sábado, na final da prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.