Resumo do Jogo

O Sporting venceu ontem em casa do Gil Vicente por 2-0, em jogo da segunda jornada do grupo C da Taça da Liga de futebol, mantendo assim esperanças de marcar presença na 'final four' da prova.

Numa altura em que o empate parecia inevitável, um livre cobrado por Bruno Fernandes, aos 89 minutos, colocou o Sporting em vantagem, tendo os 'leões' ampliado aos 90+4, por Vietto, numa altura em que já atuava com menos um elemento, depois da expulsão de Acuña, por acumulação de amarelos.

A vitória deixa o Sporting no terceiro lugar do grupo com três pontos, indo agora na terceira jornada a casa do Portimonense decidir a sua continuação em prova, num encontro em que precisa de vencer os algarvios, que comandam com quatro pontos, além de necessitar que o Rio Ave, que lidera a 'poule' a par da equipa de Portimão, não vença na receção ao Gil Vicente, equipa já sem hipóteses de seguir em frente.

O onze de Silas

Silas fez muitas alterações no onze do Sporting para novo encontro com o Gil Vicente, sendo a primeira na baliza, com o regresso de Renan. Na defesa, Ilori saiu da equipa, tal como Rosier, para darem lugar a Ristovski e Neto. Coates também regressou, no 4-4-2 da equipa leonina.

Momento da partida

Numa altura em que o empate parecia inevitável, um livre cobrado por Bruno Fernandes, aos 89 minutos, colocou o Sporting em vantagem. Num livre bem batido por Bruno Fernandes, Denis bem voou para a bola, mas não conseguiu evitar o tento leonino.

Figura do desafio

Bruno Fernandes: O 'suspeito do costume'. O capitão leonino desbloqueou uma partida que parecia condenado a acabar a zero e a colocar a equipa de Alvalade em sérios apuros. O internacional português foi o 'mestre' do ataque leonino. Quando não encontra espaços ou fórmulas para avançar no terreno, mostra-se muito hábil, mesmo quando recua para tentar refazer o jogo da equipa com passes longos.

A polémica

Aos 26 minutos, Acuña e João Afonso viram ambos o cartão amarelo, depois de protestos após um lance entre eles. Para lá dos 90’, com os leões a vencer por 1-0, o jogador do Sporting recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O argentino reclamou depois de um lance com Alex Pinto e acabou por ser expulso.

As vozes dos protagonistas

O que disse Silas sobre o regresso às vitórias, a expulsão de Acuña e as palavras de Vítor Oliveira

Léo Cordeiro: “O resultado foi injusto”

Vítor Oliveira: “Parabéns ao Sporting, vamos pensar no campeonato”

Emanuel Ferro: “Segunda parte de muito caráter”

Coates: “Era importante ganhar”

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.