O momento de tensão entre os Estados Unidos da América e o Irão poderão afetar a Supertaça de Espanha em futebol e o Dakar2020, provas que se realizam na Arábia Saudita.

Isto porque a Guarda Revolucionária do Irão ameaçou atacar os aliados dos EUA na região do Médio Oriente, caso estes ajudam a administração de Donald Trump numa possível resposta ao ataque realizado na noite desta terça-feira contra uma base norte-americana no Iraque e que terá matado 80 militares dos EUA.

"Há 104 posições norte-americanas e dos seus aliados na região identificadas e que podem ser atacadas se os EUA voltarem a cometer um erro", declarou o Irão, depois do bombardeamento, com 22 mísseis contra a base aérea de Ain al-Assad e contra a cidade de Arbil, no Iraque.

O aviso iraniano tem como destino o Kuwait, Bahreim, Jordânia, Israel e Arábia Saudita. Neste último país está a decorrer o rali Dakar 2020 e também a Supertaça de Espanha, prova que arranca esta quarta-feira no formato de 'final four', com a participação do Real Madrid, Barcelona, Atletico Madrid e Valencia.

Nos Estados Unidos, o Pentágono confirmou os disparos contra a sua base no Iraque, admitindo ser possível tratar-se de um ato de retaliação pela morte do general Qassem Soleimani, comandante da força de elite Al-Quds, que morreu na sexta-feira num ataque aéreo em Bagdad, capital do Iraque, ordenado pelo Presidente dos EUA, Donald Trump.

O Irão anunciou que cessará a ofensiva militar na região caso os EUA não contra-ataquem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.