Leo Bonucci e Giorgio Chiellini recordaram a chegada de Cristiano Ronaldo à Juventus, em 2018, constatando que o português "não agia como uma estrela".

"Quando chegou à Juventus estávamos preparados para um hype [aumento] mediático em torno de todas as suas ações. Mas, a partir do momento em que integrou no grupo, comportou-se sempre de forma normal e deu-se bem com toda a gente. Não agiu como uma estrela. Embora seja uma multinacional ambulante, é possível brincar com ele", contaram os centrais italianos, no podcast 'Muschio Selvaggio'.

Os dois jogadores abordaram ainda a conquista do Euro'2020, com alguns rituais e superstições pelo meio.

"Depois da nossa primeira vitória, o autocarro arrancou sem Gianluca Vialli. Esqueceram-se dele. A partir daí, sempre que saíamos do nosso centro para ir jogar, o autocarro começava a andar e parava uns cinco metros depois para ele entrar. Depois da final comemorámos a noite toda. Barella esteve de ressaca... no fim das contas até parece que somos treinados, quase sem saber, para algumas situações. Mesmo durante a competição, fizemos alguns churrascos e bebemos um pouco", lembraram.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.