Andrea Pirlo foi, oficialmente, apresentado como novo treinador da Juventus, esta terça-feira. O antigo médio da 'Vecchia Signora falou de Cristiano Ronaldo e dos planos que tem para o craque português na equipa de Turim.

"Falei com o Ronaldo há uns dias, antes de começar, ontem conversámos todos. Teremos tempo para conversar sobre os aspectos técnicos. A convivência entre Ronaldo e Dybala? Os jogadores de qualidade podem jogar juntos, desde que haja sacrifício e abnegação por parte de todos. Quanto mais jogadores de qualidade houver, maiores serão as chances de vencer, mas é necessário dedicação de todos", explicou aos jornalistas.

O ex-treinador dos sub-23 da Juventus orientou o seu primeiro treino na segunda-feira. Aos jornalistas, explicou o que quer da equipa.

"Quero trazer à equipa um pouco de entusiasmo, que faltou nos últimos jogos. Quero um futebol positivo. Ontem no treino [o primeiro] disse aos rapazes duas coisas - devemos ter sempre a bola e quando a perdemos temos de a recuperar rápido. São dois conceitos importantes que quero colocar na cabeça dos jogadores", sublinhou.

Na sua apresentação, Pirlo fez questão de garantir que Dybala "nunca esteve no mercado de transferências", lembrando que o argentino "é um jogador importante como os outros". O mesmo não se aplica a Gonzalo Higuaín, que está de saída do clube.

"Eu sou o treinador, é normal que queira alguns tipos de jogadores, estou em conversas com o clube. Já falei com o Higuain, é uma pessoa que admiro muito e que fez um ciclo importante aqui. Foi um grande jogador, mas decidimos que os caminhos têm que ser separados. Os ciclos acabam e, como pessoas sérias, olhamo-nos nos olhos e decidimos tomar esta decisão", garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.