Um golo do brasileiro ex-FC Porto Danilo deu hoje o empate à Juventus na visita à Atalanta (1-1), na 25.ª jornada da Liga italiana de futebol, assim segurando o quarto lugar da tabela classificativa.

Um grande golo do médio ofensivo ucraniano Ruslan Malinovskyi, com um remate de fora da área aos 76 minutos, parecia decidir a partida em Bérgamo, dando o quarto posto à equipa da casa, mas o antigo lateral dos ‘dragões’ respondeu a uma assistência do argentino Dybala para resgatar um ponto.

Com este resultado, a ‘Juve’ segue com 46 pontos, contra 44 da Atalanta, quinta, tendo falhado a aproximação a Nápoles, terceiro, e Inter, segundo, que no sábado empataram a um golo no Estádio Diego Armando Maradona.

A equipa de Gian Piero Gasperini, que vai jogar com o Olympiacos de Pedro Martins para a Liga Europa na quinta-feira, não vence na Serie A há quatro jogos, tendo visto fugir a vitória nos descontos.

Já a formação de Turim, que só entra em ação na Liga dos Campeões na semana seguinte, em 22 de fevereiro, não perde há 12 jornadas, precisamente desde a receção à Atalanta (1-0).

Antes, um erro do guarda-redes Rui Patrício abriu caminho a um empate a duas bolas da Roma, treinada pelo português José Mourinho, na visita ao Sassuolo.

A Roma chegou ao intervalo a vencer, através de uma grande penalidade concretizada por Tammy Abraham, aos 45+1 minutos, mas o Sassuolo igualou no início da segunda parte, aos 47, na sequência de um cruzamento de Hamed Traorè, que, mesmo tendo sido desviado por Chris Smalling, poderia ter sido facilmente detido por Rui Patrício.

Traorè ‘bisou’, aos 73 minutos, mas a expulsão de Ferrari, aos 78, deixou os anfitriões expostos ao empate, concretizado pelo ex-Benfica Bryan Cristante, aos 90+3, que tinha substituído o luso Sérgio Oliveira aos 69.

A Roma manteve-se no sétimo lugar, mas deixou de ter a companhia da rival Lazio, sexta classificada, que no sábado venceu o Bolonha por 3-0. O Sassuolo é tranquilo 12.º posicionado.

No primeiro jogo realizado hoje, um golo madrugador do avançado internacional português Rafael Leão permitiu ao AC Milan bater em casa a Sampdoria por 1-0 e ascender à liderança do campeonato.

Rafael Leão decidiu o jogo com o seu sétimo golo na prova, logo aos oito minutos, com um remate colocado que bateu Falcone, depois de ultrapassar com toda a facilidade o polaco Bereszynski, na sequência de um passe em profundidade do guarda-redes Maignan.

Em vantagem tão cedo, o AC Milan, com o croata Ante Rebic em vez de Rafael Leão desde os 57 minutos, ficou confortável no encontro e geriu sem grandes dificuldades a vantagem, para somar o 17.º triunfo na prova e saltar para o primeiro lugar.

Na classificação, o conjunto comandado por Stefano Pioli passou a contar 55 pontos, contra 54 do campeão Inter Milão (menos um jogo) e 53 do Nápoles.

Nos restantes jogos realizados hoje, o Verona goleou por 4-0 na receção à Udinese, pela qual o avançado português Beto foi suplente utilizado, enquanto os confrontos Empoli-Cagliari e Génova-Salernitana terminaram empatados 1-1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.