Luis Suárez está a ser acusado de irregularidades no exame que realizou para obter a cidadania italiana, o que lhe facilitaria uma eventual transferência para a Serie A e para a Juventus, e a questão continua a dar que falar em Itália. A mais recente personalidade a comentar a questão foi Gabriele Gravina, presidente da federação italiana de futebol, que não perdeu a oportunidade para deixar uma 'bicada' ao uruguaio.

Em declarações à cadeia televisiva 'Sky Sports', Gravina reconheceu que haverá algum exagero em tudo o que envolve o caso e disse que deve ser o Ministério Público italiano a avaliar o caso, mas não deixou de, com uma pitada de bom humor, falar sobre o sucedido, lembrando outra polémica envolvendo Suárez, quando este, ao serviço da seleção do Uruguai, no Campeonato do Mundo de 2014, deu uma dentada a Giogio Chielini, defesa da seleção de Itália.

"Penso que estamos todos a exagerar. É preciso deixar o Ministério Público trabalhar. Suárez veio para Itália para completar os estudos, ele começou a 'mastigar' italiano há alguns anos. Chiellini sabe qualquer coisa sobre isso", afirmou Gravina em tom irónico.

A imprensa transalpina revelou na manhã de terça-feira que Stefania Spina, que tinha a responsabilidade de preparar o jogador uruguaio para o exame, disse que Luis Suárez não falava uma palavra de italiano, “não conjugava verbos” e “falava no infinitivo”.

A obtenção da nacionalidade italiana iria ajudar o atacante a arranjar clube em Itália, já que passaria a não contar como extracomunitário. Na Série A onde era apontado como possível de colega de Cristiano Ronaldo no ataque da Juventus.

Foi apenas mais um episódio num início de época bem complicado para o uruguaio, que ainda durante as férias recebeu uma telefonema de Ronald Koeman, novo treinador do Barcelona, a dar-lhe conta de que não contava para o novo projeto do clube.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.