A Udinese e o Torino anunciaram hoje que foram alvo de medidas sanitárias na sequência dos casos de covid-19 no seu quadro de futebolistas, o que deve comprometer a realização de vários jogos esta semana em Itália.

A equipa de Udine tem nove jogadores infetados com o vírus e pediu oficialmente o adiamento dos seus próximos dois jogos, na quinta-feira, com a Fiorentina, e no domingo, frente à Atalanta, após as medidas de quarentena e de vigilância sanitária aplicadas aos seus jogadores.

Já a equipa de Turim tem seis jogadores com testes positivos e anunciou que todos os jogadores do plantel foram forçados a entrar de quarentena durante cinco dias nos respetivos domicílios, o que significa que não poderão enfrentar a Atalanta, na quinta-feira, nem a Fiorentina, no domingo.

Entretanto, já a Salernitana, na terça-feira, tinha anunciado nove casos positivos no seu plantel e solicitado o adiamento do seu jogo contra o Veneza, marcado para quinta-feira.

A Serie A regista 80 jogadores infetados com covid-19, mas a Liga italiana descartou até agora a ideia de adiar os jogos.

A Udinese, que, além dos jogadores, tem dois membros do ‘staff’ técnico infetados, fez saber através de um comunicado que as autoridades sanitárias de Udine impuseram medidas de quarentena e de automonitorização entre 05 e 09 de janeiro.

Até esta semana, apenas uma partida da Serie A referente à temporada 2021/22 não se realizou devido à pandemia, entre a Udinese e a Salernitana, marcada para final de dezembro.

Fiel à prática seguida na época passada, a Liga italiana não tinha adiado o encontro, que não se realizou por falta de comparência da equipa de Salerno, que ficou retida por ordem das autoridades de saúde locais, cabendo agora a um juiz desportivo da Liga aplicar a pena de derrota à Salernitana ou designar uma nova data para que o jogo seja disputado.

Entretanto, ao início da noite de hoje, os três jogos que estão em risco na sequência dos anúncios por parte da Udinese, do Torino e da Salernitana continuavam agendados para quinta-feira, sem alterações.

Por seu lado, o Nápoles, cuja deslocação ao estádio da Juventus era incerta devido aos casos de covid-19 no seu plantel, recebeu ‘luz verde’ para fazer a viagem até Turim.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.