Perante o surto do novo coronavírus e a consequente suspensão do campeonato por tempo indeterminado, os clubes da Serie A estão já a avaliar a possibilidade de avançar com uma redução dos salários dos jogadores.

De acordo com o site italiano Calcio e Finanza, vários clubes já terão começado a estudar de que forma esse eventual corte salarial se poderia processar, com alguns estudos a apontarem para uma perda de receitas na ordem dos 700 milhões de euros se a Serie A não for retomada até ao início de abril, algo que parece pouco provável de vir a acontecer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.