A Atalanta confirmou hoje a existência de três casos positivos de covid-19 no plantel e o Paris Saint-Germain indicou que há dois futebolistas suspeitos, mas as identidades não foram reveladas.

“Os jogadores em questão estão assintomáticos, já isolados e sob controlo das autoridades sanitárias”, indicou o clube de Bérgamo, no seu site oficial na Internet.

Quase três semanas depois a derrota (2-1) nos quartos de final da Liga dos Campeões, precisamente diante do PSG, em Lisboa, os italianos regressaram aos treinos na segunda-feira com vista ao início da próxima temporada da Serie A, marcada para o fim de semana de 19 a 20 de setembro, mas sem dez jogadores internacionais convocados para as seleções.

Já o campeão francês e finalista vencido (1-0) na edição 2019/20 da Liga dos Campeões, perante os alemães do Bayern Munique, anunciou através do Twitter que os dois atletas suspeitos estão bem de saúde e a seguir os devidos protocolos.

O PSG ainda não entrou em ação na Ligue 1, que já cumpriu a sua segunda jornada, e terá o seu primeiro jogo apenas em 10 de setembro, em casa do Lens.

Itália regista 35.483 mortos e mais de 269 mil casos, enquanto a França tem 30.606 vítimas mortais e mais de 277 mil infetados.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 847 mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.822 em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.