A Liga Italiana está a finalizar o protocolo que será enviado Governo sobre as regras sanitárias a cumprir para o regresso da Serie A. A Agiopronews teve acesso ao documento, de 36 páginas, onde é detalhado as regras a cumprir antes, durante e depois dos jogos que faltam para terminar a prova.

O documento tem muitas semelhanças com o utilizado na Alemanha para o regresso da Bundesliga, como a divisão do estádio em três zonas: a técnica (relvado, balneários, túnel de acesso ao relvado), a zona das bancadas onde estarão os seguranças e a imprensa, e a zona 3, nos arredores do estádio. O acesso todas as zonas tem horários específicos, assim como o limite de pessoas que a podem aceder a elas.

Na chegada ao estádio, as equipas utilizarão rotas separadas. Os protagonistas terão de utilizar máscaras e chegarão em momentos diferentes ao estádio. Os árbitros chegarão 1h45mn antes, a equipa visitante 1h40 minutos e a equipa da casa 1h30 minutos antes. Os árbitros terão de desinfectar todo o material utilizado, como cronómetros, apitos, equipamentos eletrónicos.

Não haverá mascotes, nem o ritual de entrar em campo de mão dadas com com crianças, nem a habitual fotografia do onze para a posteridade. Também não serão permitidas operadores de imagem nos balneários.

Quem tiver acesso ao estádio (jogadores, staff médico e técnico, funcionários) terá de responder um minucioso questionário sobre a sua situação de saúde nos últimos dias.

Outra novidade as regras, presentes no documento, tem a ver com a arbitragem. Os jogadores terão de estar, no mínimo, 1,5 metros do árbitro e não podem protestar qualquer decisão.

No dia 28 de maio, os clubes terão uma reunião com o Ministro do Desporto de Itália para finalizar as regras e discutir o regresso da Série A.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.