O relvado do Cova da Piedade encontra-se interditado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e será alvo de uma intervenção de recuperação urgente, confirmou hoje à Lusa uma fonte do clube da margem sul do Tejo.

O estado do ‘tapete’ do Estádio Municipal José Martins Vieira, utilizado pelos piedenses na II Liga portuguesa e na Liga Revelação (sub-23), tem vindo a agravar-se nas últimas semanas, motivo pelo qual o organismo que tutela o futebol profissional decidiu, esta semana, impor a sua interdição.

A mesma fonte explicou à Lusa que já está em marcha um plano de intervenção urgente, acordado com a empresa contratada pela Câmara Municipal de Almada (CMA) para a manutenção do relvado, que deverá garantir o levantamento da interdição antes do próximo jogo em casa, frente ao Desportivo de Chaves, em 04 de janeiro de 2020.

A imposição da LPFP motivou o adiamento para o dia 04 de fevereiro do jogo da Liga Revelação entre o Cova da Piedade e o Feirense, que estava marcado para hoje, mas não deverá ter impacto na calendarização do clube na II Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.