O acordo entre a Oliveirense e o investidor japonês Akihiro Kin para a criação de uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) foi hoje oficializado, com a gestão e presidência da mesma a ficar a cargo de Nobuyuki Yamagata.

O clube da II Liga portuguesa de futebol vai passar a ter a nomenclatura de União Desportiva Oliveirense Futebol SAD, sendo que o investidor japonês, ligado à área de desenvolvimento de aplicações para ‘smartphones’, detém 70% da mesma através da empresa nuts&about.inc.

“Queria investir num clube europeu, foi o grande desafio que coloquei. Nessa altura, falei com o Sr. Yamagata e escolhemos a Liga portuguesa. Por sorte, conseguimos conversar com a Oliveirense. Sentimos que a Oliveirense tem muito potencial para crescer. Queremos criar uma boa estrutura no clube e construir um centro de treinos para potenciar a União”, afirmou Akihiro Kin, em declarações ao sítio oficial do emblema.

Segundo o comunicado oliveirense, o novo presidente da SAD, também ele japonês, trabalhou em “media, organização, infraestruturas e também administra complexos desportivos de futsal”, mas também participou no processo de negociação e compra do clube belga Sint-Truiden, no qual passou os últimos dois anos.

“Neste momento o nosso maior objetivo é manter a equipa na II Liga. É nisso que estamos todos focados. Vou fazer tudo por isso, é o meu maior desejo e o grande trabalho até ao final da época. Com os jogadores naturais de Oliveira de Azeméis e os jogadores estrangeiros, queremos fazer uma equipa competitiva, onde os atletas possam sentir que têm aqui um bom espaço para evoluir e alcançar objetivos”, declarou à página do clube Nobuyuki Yamagata, de 49 anos.

Já o presidente da Oliveirense, Horácio Bastos, referiu que transformar o futebol daquele clube numa SAD foi uma “necessidade” de forma a estar nas “ligas profissionais com uma equipa competitiva e um projeto de desenvolvimento de talentos para acompanhar o mercado”.

“Ouvimos vários projetos e potenciais investidores. Ponderamos e escolhemos o que nos pareceu que melhor se adequa a realidade e ambição da Oliveirense. O clube é e será sempre dos sócios”, sublinhou.

Esta é uma semana de novos trilhos e sensações para os adeptos oliveirenses, já que a equipa vai regressar ao Estádio Carlos Osório no domingo, depois de dois anos a disputar a II Liga fora de casa.

A inauguração do estádio vai ocorrer na tarde de sábado com a presença do presidente da Liga Portuguesa de Futebol, Pedro Proença, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, e o presidente da Associação de Futebol de Aveiro, Arménio Pinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.