Um golo de Juninho deu esta segunda-feira a vitória ao Estoril na receção ao Benfica B (1-0), em jogo da 18.ª jornada, e colocou os ‘canarinhos' no quarto posto da II Liga, em igualdade com o Sporting da Covilhã.

Com este resultado, o Estoril , que soma agora 28 pontos, eleva para dois a série de jogos consecutivos a vencer, depois ter levado a melhor sobre a Académica de Coimbra (1-0), a 18 de janeiro. Já o Benfica volta a escorregar, depois do desaire (2-1) com O FC Porto B, permanece no 15.º lugar e mantém os 21 pontos com que entrou para esta ronda.

Mal o jogo tinha começado e já o Estoril se tinha colocado na condição de vencedor: o avançado brasileiro Juninho, aos dois minutos, aproveitou o desacerto do setor defensivo dos ‘encarnados' e bateu Svilar, na sequência de uma assistência de Joãozinho.

Com a chuva a fazer sentir-se na Amoreira no início do encontro, o Benfica procurou dominar a posse de bola e deu o primeiro sinal de perigo aos 15 minutos, por intermédio de Rafael Brito. Aos 20, foi a vez de Daniel dos Anjos também não conseguir levar a melhor sobre o guarda-redes Dani.

Antes do intervalo, os comandados de Pedro Duarte sofreram uma ‘pequena' contrariedade, com Juninho a sair lesionado, aos 38 minutos, e a dar lugar a Chiquinho, mudança que em nada alterou a postura estorilista.

Na segunda parte, o Benfica manteve a postura atacante, mas, aos 58 minutos, Rafael Barbosa apanhou os ‘encarnados' em desequilíbrio e por muito pouco não fez o 2-0.

Focados no golo da igualdade, os jogadores orientados por Renato Paiva mantiveram os olhos postos na baliza estorilista, mas revelaram-se incapazes de pontuar na Amoreira, contribuindo apenas para uma melhor estatística – 59% de posse de bola e 14 remates contra 10 -, que, contudo, não teve efeito prático.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.