Matheus Uribe e Luis Díaz continuam sem treinar juntamente com os restantes colegas no FC Porto para treinar, depois de os dois terem dispensados dos compromissos da seleção colombiana após terem estado em contacto com uma pessoa infetada com COVID-19, como informaram os 'dragões'.

Porém, a redução, ditada por parte da Direção-Geral de Saúde, de 14 para dez dias do período de isolamento imposto a um positivo com sintomas ligeiros ou assintomático, bem como a quem tenha contactado com o mesmo e seja testado negativo, como sucedeu com os dois internacionais colombianos, pode abrir portas à presença de ambos em Alvalade, no próximo sábado, para defrontarem o Sporting no regresso da I Liga portuguesa após a pausa para os compromissos das selecções.

É que os dois estão nas suas residências, em isolamento, desde 4 de outubro e, com a partida com os 'leões agendada para 17, tendo em conta os dez dias de isolamento profilático que agora são impostos, poderão até regressar aos treinos já esta quinta-feira.

O médio Uribe, de 29 anos, foi titular nas duas primeiras jornadas da I Liga, frente a Sp.Braga e Boavista, tendo depois ficado no banco de suplentes na derrota caseira, por 3-2, ante o Martítimo na 3.ª jornada. Já o compatriota e extremo Luíz Diáz não foi convocado para a ronda inaugural, mas foi depois suplente utilizado na Jornada 2, marcando mesmo um golo nesse encontro, e alinhou de seguida de início no desaire com os madeirenses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.