O Sporting voltou, esta terça-feira, a treinar na Academia do clube, em Alcochete, com vista à visita ao estádio D. Afonso Henriques, onde quinta-feira irá defrontar o Vitória de Guimarães no regresso da equipa à ação após a paragem forçada de quase três meses ditada pela COVID-19.

Os brasileiros Wendel e Luiz Phellype voltaram a não treinar com os restantes companheiros e constituem assim duas dores de cabeça para o treinador Rúben Amorim, a dois dias o retomar da competição. Segundo comunicaram os 'leões' no seu site oficial, médio e avançado mantêm "a situação clínica dos últimos dias", pelo que dificilmente recuperarão a tempo de dar o seu contributo à equipa para o encontro da 25.ª jornada.

O último apronto dos 'verdes e brancos' antes da deslocação a Guimarães vai ter lugar na manhã de quarta-feira, pelas 10h, novamente na Academia de Alcochete, com Rúben Amorim a levar a cabo a conferência de imprensa de antevisão do encontro mais tarde, a partir das 17h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.