O Sporting recebeu e venceu na noite deste sábado o Moreirense, por 2-1, no Estádio de Alvalade, num jogo a contar para a 8ª jornada do campeonato nacional de futebol. Luís Neto fez um autogolo, mas Pedro Gonçalves bisou e carimbou a reviravolta.

Pouco depois (muito pouco) de Vítor Ferreira apitar para o início da partida em Alvalade surgiu o primeiro golo. Depois de uma saída rápida do Moreirense, DAlberto cruzou para o segundo poste onde apareceu Walterson, na tentativa de cortar, Neto acabou por desviar para dentro da própria baliza.

Apenas seis minutos depois, o Sporting conseguiu empatar. Na sequência de um cruzamento de Nuno Santos, Pasinato fez uma defesa incompleta e a bola sobrou para Pedro Gonçalves. Depois de alguma confusão em cima da linha de golo com Fábio Pacheco e Pedro Gonçalves, este último acaba por empurrar a bola para dentro da baliza. Inicialmente, o golo foi atribuído a Pacheco mas, mais tarde, Pedro Gonçalves foi confirmado como autor do tento.

Num jogo que contava já com um autogolo, o segundo golo na própria baliza esteve muito perto de acontecer em Alvalade. Através de um cruzamento milimétrico de Nuno Santos, Sporar cabeceou e acertou na barra. A bola bateu em Rosic e obrigou Pasinato a uma grande defesa em cima da linha de golo.
Já aos 31 minutos, Pedro Gonçalves desmarcou Nuno Santos, que tentou o chapéu a Pasinato, mas o guarda-redes estava atento e agarrou o esférico. Até ao final da primeira parte, o Moreirense foi aguentando a pressão do Sporting com um bloco baixo e conseguiu levar o empate para o intervalo.
A segunda parte começou com bastante calma e sempre grandes oportunidades nem do lado leonino, nem dos cónegos. Depois dos 60 minutos de jogo, os treinadores efetuaram as primeiras alterações às equipas. No Sporting, Rúben Amorim tirou Nuno Mendes para lançar Jovane Cabral. Enquanto César Peixoto fez uma tripla substituição com as saídas de Afonso Figueiredo, Walterson Silva e Gonçalo Franco para as entradas de Matheus Silva, David Tavares e Derik Lacerda.
Aos 69 minutos esteve à vista o segundo golo do Sporting... e que golaço seria. Pedro Gonçalves lançou um remate colocado de fora da área, mas a bola acertou com estrondo na trave, se tivesse entrado, seria um grande golo. Mas, o jovem jogador do Sporting não desistiu e apenas seis minutos depois chegou ao golo.
Dois minutos depois foi Porro quem tentou a sua sorte, mas sem sucesso. O espanhol de 21 anos atirou cruzado, mas Pasinato negou o terceiro golo aos leões. Até ao apito final o Moreirense ainda acreditou no empate, mas os três pontos ficaram em Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.