Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo frente ao Marítimo (2-1), no Estádio do Dragão, da 20.ª jornada da I Liga.

Análise ao jogo: "Fizemos um jogo muito competente, dentro do que esta equipa nos tem habituado, uma disponibilidade muito grande dos jogadores. Num ou outro momento um bocadinho mais de agressividade era importante. Mas tivemos sempre o jogo controlado. Tivemos situações no terço defensivo do adversário, que se definíssemos melhor o resultado seria outro ao intervalo. Entrámos na segunda parte com a mesma intenção de fazer o segundo golo, fizemos, depois tivemos mais uma ocasião clara para fazer o terceiro e praticamente no mesmo momento adversário faz o golo. Aí é normal... 2-1 é sempre um resultado que não dá muita segurança, mas mesmo assim continuamos dentro da nossa identidade ir a procura de mais golos e dar tranquilidade ao resultado. Não conseguimos por alguma falta de eficácia ofensiva, mas o jogo esteve sempre controlado. Um bom jogo da minha equipa, parabéns aos jogadores."

250 jogos no comando técnico do FC Porto: "Foi mais um, estou contente pela vitória principalmente. Obviamente fico contente com esses números, também é o jogo 1000 como profissional de futebol, entre jogador e treinador, obviamente são números que me deixam satisfeito. Mas a minha exigência, aquilo que sou como pessoa e como treinador, a minha preocupação é levantar-me amanhã e pensar no Arouca. É dessa forma que eu vivo o futebol."

Saída de Luis Díaz: "Nas grandes empresas, nos grandes clubes, o planeamento é feito em função dos objetivos. Como existe pouco planeamento ou não há, temos de rever esses mesmos objetivos e pensar um bocadinho no que vai ser o nosso futuro próximo. Estou num clube exigente, eu sou exigente, neste momento é verdade que está mais difícil, mas faz parte do meu trabalho encontrar soluções. Hoje no banco tinha dois centrais, dois laterais, dois guarda-redes, é nisso que temos de pensar. Olhar para o futuro e perceber que tudo o que são os nossos objetivos poderá aqui ou acolá ficar mais difícil para os realizar. "

Podem chegar outras soluções?: "Não sei."

Declarações de Otávio, médio do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo frente ao Marítimo (2-1), no Estádio do Dragão, da 20.ª jornada da I Liga.

Melhor em campo: "Quando a equipa está bem, tudo o mundo sobressai. Estou feliz por este prémio e por ajudar a minha equipa. O mais importante é a vitória."

Declarações de Grujic, médio do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo frente ao Marítimo (2-1), no Estádio do Dragão, da 20.ª jornada da I Liga.

Análise ao jogo: "Foi um jogo difícil, com muitos duelos. O jogo da primeira volta acabou empatado e sabíamos que é sempre difícil contra o Marítimo. Foi bom estar de volta à frente dos adeptos e ganhar, mas não foi o nosso melhor jogo em termos de qualidade, porque sofremos um golo. Gostamos de defender bem e não sofrer. Temos de nos preparar para melhorar esse aspeto."

Nove pontos de vantagem: "É importante, temos de continuar a somar pontos. Hoje mais um jogo, mais uma vitória, mas temos de analisar o que fizemos de menos bem. Vamos jogar com o Sporting brevemente e temos de estar prontos."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.