Terça-feira, Frederico Varandas, presidente do Sporting, desvalorizou o facto de os 'Leões' terem terminado atrás do Sp.Braga na classificação final d I Liga, afirmando que "o Braga jamais será rival" dos 'verdes-e-brancos'.

No final da conferência de imprensa que serviu para apresentar Carlos Carvalhal como o novo treinador, o presidente do clube do clube minhoto, António Salvador, comentou essas declarações, sem contudo se querer alongar muito.

"São problema do presidente do Sporting", começou por afirmar, antes de sublinhar que o seu foco está no crescimento dos 'guerreiros'.

“Não tenho que comentar isso, é um problema do presidente do Sporting. O trabalho do Sp.Braga na última década está à vista de todos, esse é o nosso caminho. Olhar para dentro e não para fora, para aquilo que queremos fazer desportivamente e para aquilo que estamos a construir para que este clube seja mais sustentado no futuro", sublinhou.

António Salvador apontou também para o valor da cláusula de rescisão de Carlos Carvalhal (idêntico à que o Sporting pagou para levar Rúben Amorim). "A cláusula mágica é um número mágico, dez milhões", atirou o presidente dos minhotos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.