Rui Costa foi mais um dos muitos nomes a partilhar o que sentiu ao receber a morte de Diego Maradona. O agora vice-presidente do Benfica regressou aos tempos de jogador para contar um momento que ilustra bem a paixão que se vive em Nápoles pelo astro argetino, falecido essta quarta-feira.

A história remonta aos primeiros tempos em que Rui Costa vestiu a camisola da Fiorentina. "Quem não esteve em Nápoles não percebe o que ele representa para a cidade. Um dos meu primeiros jogos em Itália foi no San Paolo. Ele já não jogava no Nápoles e levei um jogo inteiro a ouvir o nome dele", contou o antigo internacional português, à conversa com a BTV.

De seguida, Rui Costa, também ele um 'camisola 10', deixou muitos elogios a El Pibe. "Foi único como jogador e pessoa. Tive orgulho de conhecê-lo e conviver com ele. Quem jogava com o número 10 sentia-se um bocadinho Maradona", sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.