Jorge Nuno Pinto da Costa enviou aos sócios do clube com mais de 70 anos - ou seja, aqueles que estarão em maior risco perante a pandemia de COVID-19 - uma carta escrita por si, à mão, na qual recorda as quatro palavras que considera constituirem o alicerce do sucesso dos 'azuis e brancos': "rigor, competência, paixão e ambição".

A acompanhar a carta manuscrita pelo presidente seguiu a mais recente edição da revista oficial do clube, a 'Revista Dragões', bem como um cachecol dos 'dragões'.

Na mensagem deixada na missiva enviada aos sócios mais idosos, Pinto da Costa procura transmitir solidariedade e coragem nesta altura difícil. ""Neste período delicado que vivemos, entendi dirigir-lhe algumas palavras de solidariedade e de encorajamento, nesta luta contra a COVID-19", lê-se na carta.

O presidente do FC Porto prossegue, depois, reforçando que as palavras que, por norma, orientam as ações do clube devem, também, servir de linhas mestras nesta etapa de isolamento social.

"No vocabulário de um Dragão, há quatro palavras base e orientadoras da nossa ação: rigor, competência, ambição e paixão. Neste caso, RIGOR no cumprimento das indicações dos procedimentos definidos pelo governo e entidades sanitárias, COMPETÊNCIA em todas as nossas decisões para o nosso bem e comodidade, AMBIÇÃO em vencermos esta luta sem tréguas, onde não pode haver desânimos ou fraquezas, e PAIXÃO pela vida! Pela nossa e, sobretudo, pela dos nossos familiares e amigos. Se formos fiéis a essas quatro palavras, em breve nos juntaremos no nosso 'Dragão' para festejarmos as nossas vitórias", escreve Jorge Nuno Pinto da Costa, antes de assinar a carta despedindo-se com um "Força, Dragão! Abraço muito forte deste vosso amigo".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.