Paulo Sousa não tem dúvidas: o futuro dos clubes que não muita capacidade financeira passa por apostar na formação. O agora treinador do Bordéus deu o exemplo do Benfica, um clube que investiu tudo na formação que agora vai colhendo os frutos desse investimento em intraestruturas e recursos humanos:

"É incrível, um tremendo sucesso, mas investem para isso", lembra o antigo jogador do Benfica, em entrevista ao ‘Football Ramble Daily’.

"O processo inclui também as infraestruturas, mas o segundo passo são os recursos humanos. O projeto deve ser claro e respeitar uma linha orientadora. O Benfica tem mostrado, ao longo dos anos, que está no caminho certo. Vendem muitos jogadores de qualidade, vendem-nos caros, e reinvestem o dinheiro em infraestruturas, recursos humanos, prospeção, treinadores para trabalharem com os mais novos. E, finalmente, em jogadores", explicou o técnico luso, sobre o sucesso do Benfica.

Depois de orientar Queens Park Rangers, Swansea, Leicester, Videoton, Maccabi Tel Aviv, Basileia e Tianjin Quanjian, Paulo Sousa quer voltar a ter sucesso, agora em França, ao serviço do Bordéus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.