Matheus Reis recusou jogar frente ao Vitória de Guimarães, no último domingo. A informação foi avançada à Rádio Renascença por António Silva Campos, presidente do clube de Vila do Conde, que fala numa "falta de respeito imperdoável".

"Ele recusou jogar no dia do jogo. Nós não podemos aceitar estas atitudes. Foi uma surpresa muito grande. Estávamos a negociar o jogador com um clube e ele queria que fosse mais rápido. Eu aconselhei-lhe calma, explicando que estávamos a negociar e que tínhamos de chegar a acordo", contou o dirigente, sem revelar a identidade do clube envolvido.

"Neste momento, não quero falar em terceiros, porque há um processo disciplinar em curso e depois vamos tomar as medidas necessárias. Ele entendeu tomar esta atitude. Não sei se foi a mando de alguém, ou não. Temos de analisar a situação, porque o que ele fez foi muito grave, foi uma falta de respeito por este clube que tanto lhe deu. Neste momento, o jogador está suspenso", acrescentou Silva Campos.

"Se cedermos neste caso, há outros jogadores, que quando receberem propostas de empresários e de outros clubes, olham para este exemplo e podem fazer a mesma coisa", rematou o dirigente.

O Olympiacos foi o clube mais recente a demonstrar interesse na contratação de Matheus Reis, depois de o FC Porto ter desistido, após um primeiro contacto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.