O Marítimo recebeu e venceu, na tarde deste domingo, o Paços de Ferreira, por 2-0, regressando assim aos triunfos depois de dez jogos sem ganhar para a I Liga.

No primeiro jogo sob as ordens de Vasco Seabra, que substituiu recentemente o espanhol Julio Velasquez o comando técnico dos 'verde-rubros', o Marítimo começou por ganhar vantagem à passagem do minuto 49, por Tagueu. Depois, já dentro do quarto de hora final, Beltrame fechou a contagem.

Num embate entre duas equipas que há muito não sabiam o que era ganhar na I Liga (o Marítimo desde a 1.ª jornada, o Paços desde a 4.ª,  a primeira parte terminou sem golos. Até que, a abrir a segunda parte, um passe longo de Edgar Costa para as costas da defesa do Paçços permitiu a Joel Tagueu, com uma boa receção, ficar na cara do guarda-redes contrário e que consegue atirar a contar.

O Paços de Ferreira tentou reagir, mas foi o Marítimo que voltou a marcar. Aos 78 minutos, e com um golaço! Beltrame, na transformação de um livre, com um remate colocadíssimo fez a bola a entrar junto ao ângulo, sem hipótese de defesa para André Ferreira. Estava selado o triunfo, com a 'chicotada psicológica' a resultar na perfeição para os madeirenses, que assim voltaram às vitórias. Para o Paços, este foi o oitavo jogo seguido sem vencer na I Liga.

Com este triunfo, o Marítimo deixou a zona de despromoção, passando a somar 10 pontos, menos um do que o Paços de Ferreira, que somou o oitavo jogo consecutivo sem vencer na I Liga.

VEJA O RESUMO DO ENCONTRO

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.