Marega voltou a falar sobre os insultos racistas de que foi alvo no encontro com o Vitoria de Guimarães, já depois de ter reagido com ironia à multa de 714 euros aplicada ao clube vimaranense por 'cânticos' dirigidos a si e ao colega Marchesín.

O Conselho de Disciplina explicou que o processo dos insultos racistas no estádio D. Afonso Henriques se encontra ainda em processo de inquérito, e que a multa naquele valor dizia apenas respeitos a outros cânticos dirigidos ao avançado maliano e ao guarda-redes argentino.

Em resposta a um jornalista francês, que o alertou para o facto de o processo estar ainda em andamento, Marega mostrou-se esperançado que o processo avance. "Esperemos que isso faça as coisas avançarem. Farto de slogans e faixas para parecer bem", escreveu Marega nas redes sociais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.