No passado mês de julho, o treinador Ivo Vieira anunciou que iria deixar o Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, após o final da temporada 2019/20. Este domingo, em declarações ao jornal 'O Jogo', Ivo Vieira revelou que a decisão de sair não foi sua.

"A minha vontade era continuar e sentia que merecia desenvolver um trabalho a dois/três anos em que pudéssemos atingir sucesso desportivo, com crescimento e valorização dos ativos do clube. No entanto, eu fui contratado por uma direção e posteriormente trabalhei com outra", lamentou o treinador português.

Ivo Vieira assinou, em junho de 2019, um contrato de uma época com o Vitória, após ter conseguido a melhor classificação de sempre pelo Moreirense na temporada anterior, o sexto lugar, e, no final da época, assumiu o "desalento" por ter falhado o objetivo mínimo traçado para o campeonato: o quinto lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.