Ao longo dos anos, Franco Cervi foi apontado a alguns clubes, mas nunca chegou a deixar o Benfica e parece que, atualmente, a sua saída é considerada quase impossível.

Quem o diz é Rodrigo Caetano, diretor-executivo do futebol do Internacional. Em declarações à Fox Sports, o antigo jogador falou sobre o impacto da pandemia de coronavírus no desporto-rei, nomeadamente no mercado de transferências e deu o exemplo do médio do Benfica.

"É óbvio que, no início do ano, existia a possibilidade de o Benfica emprestar o Cervi. Hoje a possibilidade é zero. Não vou fugir da responsabilidade, não vou vender uma ilusão", referiu Rodrigo Caetano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.