Faz esta segunda-feira 12 anos que Rui Costa se despediu dos relvados. Fê-lo no clube do coração. A 11 de maio de 2008, o Benfica recebeu o Vitória de Setúbal no Estádio da Luz, na última jornada da época 2007/08. O eterno número 10 dos 'encarnados' jogou 87 minutos, passou a braçadeira a Nuno Gomes e saiu ovacionado pelos adeptos, sendo substituído por Binya.

Nesse jogo, as 'águias' venceram os sadinos por 3-0, com Rui Costa a assistir para Katsouranis e Cardozo. Foi a última vez que o 'maestro' pegou na batuta.

Para trás, ficou um total de 806 jogos e 142 golos distribuídos por Benfica, Fafe, Fiorentina e Milan, clubes que representou enquanto profissional, Seleção Nacional A, Sub-20 e Sub-21.

No clube da Luz venceu uma Taça de Portugal (1993) e foi campeão nacional (1994), seguindo depois para a Fiorentina. Foi no Milan que chegou ao topo do futebol europeu, com a conquista da Liga dos Campeões (2003).

Três anos depois, a 28 de maio de 2006, realizaria o sonho de regressar ao Benfica, onde ficou até à sua despedida dos relvados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.