Toon Gerbrands, diretor geral do PSV, revelou que tentou que Roger Schmidt ficasse mais uma temporada no emblema neerlandês, tendo o técnico optado por abraçar um novo desafio no Benfica.

"Gostávamos que ele tivesse continuado por mais uma época. Com o investimento que foi feito no plantel e ideia de jogo, achávamos que poderíamos dar mais um passo em frente na próxima temporada", disse em declarações ao 'Voetbal International'.

O dirigente disse ainda que só duas contratações foram pedidas com afinco pelo técnico, embora confirme que todos os jogadores do plantel foram aprovados pelo alemão: "Zahavi e Götze. Nunca teriam vindo se não fosse por Schmidt. Todos os jogadores foram aprovados por dois homens, o treinador e John de Jong (diretor desportivo do clube."

Recorde-se que o técnico alemão assinou até 2024 com o Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.