Em entrevista à SIC, que o canal televisivo emitará na noite desta quarta-feira, Frederico Varandas, presidente do Sporting irá olhar para o futuro do futebol português e dos 'leões' perante a realidade da COVID-19.

O canal de Paço de Arcos divulgou já um excerto da conversa levada a cabo com o líder leonino, na qual este fala antecipa vários problemas para o futuro, entre eles o mercado de transferências, antecipando que as receitas com as vendas de jogadores, tão significativas para os orçamentos dos clubes nacionais, deverão sofrer uma redução na ordem dos 50 por cento.

"O mercado português é exportador e não tenho dúvidas de que vai demorar uns bons anos para os clubes grandes terem a capacidade financeira que tinham antes da COVID-19", salienta o líder do conjunto leonino.

No excerto já revelado da entrevista, Frederico Varandas alerta igualmente para possíveis limitações com as quais os clubes se poderão ter de deparar na próxima época, por imposição governamental "Poderemos ter de vender só um quarto da capacidade do estádio, o que significa um quarto da receita de bilhética, patrocinadores e parceiros", sublinha o presidente dos 'verdes e brancos'.

Frederico Varandas frisa que tudo isto constituirá uma nova realidade com a qual não será fácil lidar. "Vai ser uma nova realidade e um problema gravissimo. Neste momento há um instinto de sobrevivência e nós, clubes, se não remarmos e defendermos a indústria do futebol numa altura destas, não estaremos cá muito tempo", afirma o líder dos 'leões'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.