A formação de Alcochete ganha cada vez mais espaço nas escolhas de Rúben Amorim e isso ficou ontem bem patente nos 20 jogadores que o treinador leonino levou para a receção ao Tondela.

Contando também com o brasileiro Matheus Nunes e o equatoriano Gonzalo Plata, que cumpriram a derradeira fase da formação no plantel de sub-23 antes de serem promovidos à equipa principal ainda na época passada, foram 12 os jogadores convocados por Rúben Amorim.

Esta escolha é um bom indicador do que Frederico Varandas pretendia para o Sporting. A mais de metade de escolhidos dava perfeitamente para apresentar uma equipa titular só com jovens da formação.

Só na equipa que iniciou o encontro com o Tondela estavam quatro jogadores (Nuno Mendes, João Palhinha, João Mário e Tiago Tomás), mas era no banco de suplentes que se encontravam os jogadores 'made in' Alcochete: Max, Eduardo Quaresma, Matheus Nunes, Gonzalo Plata, Gonçalo Inácio, Jovane Cabral, Daniel Bragança e Pedro Marques.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.