Depois de se ter tornado o jogador mais jovem de sempre a representar a equipa principal do Sporting, com 16 anos e 4 dias, Dário Essugo admitiu ao Jornal Sporting como se sentiu depois do apito final do encontro entre os leões e o Vitória de Guimarães.

"Estava a sentir um misto de sensações, foi inexplicável. Passou-me tudo pela cabeça depois do apito final. Foi quase um flashback de todas as coisas que passei, de todo o trabalho. Estrear-me pelo Sporting foi algo com que sempre sonhei e, por isso, foi motivo de orgulho. Estou muito feliz", salientou o jovem jogador.

Na mesma entrevista, Dário Essugo confessou que a estreia pela equipa principal do Sporting era uma meta que tinha definido há dois anos. "É importante porque há dois anos tinha definido o objetivo de me estrear e estar na equipa principal aos 16 anos. Ao conseguir alcançar esse objetivo, torna-se tudo ainda mais importante. Também há outros fatores, como ter jogadores fantásticos, equipa e estrutura fantásticas", elogiou.

Por fim, o médio lembrou que ainda tem um longo caminho a percorrer e prometeu dar o melhor de si. "Não mudou nada em mim. O que tenho é de trabalhar mais, e mais, e mais para me manter lá. O mais difícil não é chegar lá, mas sim manter-me lá. É para isso que vou trabalhar. O que aconteceu no passado fica no passado. Agora temos de olhar para novos horizontes e objetivos", terminou Dário Essugo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.