O treinador do Boavista assumiu hoje a ambição de “regressar aos pontos” no domingo, no jogo da 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no terreno do Sporting, onde só venceu uma vez, há 44 anos.

O treinador ‘axadrezado’, Daniel Ramos, anteviu hoje esse embate com os ‘leões’ e começou por referir que espera "dificuldades", sentindo, porém, a sua "equipa disponível para fazer um bom jogo perante uma grande equipa".

O Sporting tem tido um desempenho "intermitente" neste campeonato e perdeu Bruno Fernandes, que foi para o Manchester United, mas Daniel Ramos disse que a equipa ‘leonina’ possui ainda soluções para os problemas.

"O Sporting não era só Bruno Fernandes. Existe valia no seu plantel, continua a ter virtudes e a ser uma equipa competente", considerou.

É por isso que Daniel Ramos vaticina "um jogo difícil" num terreno onde o Boavista apenas venceu uma vez, há 44 anos, o que levo o técnico boavisteiro a dizer que a sua equipa terá de ser "bastante competente e explorar aquilo que tem de bom".

"Fazer história" é algo que está na sua mente, o que passa por tirar partido das "possibilidades" que o encontro e o adversário oferecerem.

Daniel Ramos afirmou que, esta semana, sentiu os seus "jogadores muito disponíveis" e salientou, até, que "dá gosto" vê-los treinar.

"Trabalham muito à procura de melhorar" o seu rendimento, acrescentou.

Na ronda anterior, os ‘axadrezados’ perderem em casa com o Belenenses (2-1) e o Sporting empatou fora com o Rio Ave (1-1) numa partida em que esteve em desvantagem até muito perto do fim e terminou reduzido a dez jogadores, por expulsão de Coates.

"Depois de um mau jogo [com o Rio Ave], houve outro com uma boa exibição" na quinta-feira, para a Liga Europa [vitória por 3-1 frente ao Basaksehir], que os ‘leões’ ganharam, naquele que foi, para Daniel Ramos, "um dos melhores jogos do Sporting nesta época".

O Boavista terá a sua "tarefa complicada" se não estiver a um bom nível, advertiu, reforçando que é preferível esperar um Sporting forte, como o de quinta-feira, e não o do Rio Ave. Caso contrário, "é estar a facilitar e isso nós não queremos".

Daniel Ramos afirmou ainda que a sua equipa tem "capacidade de responder" aos problemas que o adversário lhe for colocando, contando para tal com o facto de ter a terceira defesa menos batida do campeonato, com 19 golos sofridos em 21 jornadas.

O Sporting, quarto classificado com 36 pontos, e o Boavista, oitavo com 28, defrontam-se no domingo, a partir das 17:30, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, num encontro que vai ser arbitrado por Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.