Sérgio Conceição não está preocupado com o seu futuro no pós clássico. O treinador do FC Porto refuta a ideia de estar a prazo e de ficar mais pressionado com uma possível derrota em casa do rival, algo que deixaria os 'dragões' a seis pontos da liderança da I Liga, decorridas apenas três jornadas.

Foi o seu amigo Drulovic, antigo colega de Conceição no FC Porto, quem defendeu a ideia de o técnico ficar mais pressionado se perder com o Benfica. Conceição lembra é preciso relativizar as coisa e "ter alguma calma".

"Vi o Drulovic a dizer, numa entrevista à TSF que teve enorme impacto na imprensa, que se eu perdesse [o clássico], os adeptos iriam pedir a minha cabeça. Eu digo que podem levar. Eu dou tanto ao FC Porto que também podem levar sem problema nenhum. Não quero dar um ar de que não se passa nada, mas há coisas que temos de relativizar e ter alguma calma, ponderar. Qualquer dia vão dizer que estamos com a corda no pescoço", frisou o técnico.

O bom momento do Benfica, que ainda não perdeu esta época, não sofreu golos e aplicou duas goleadas ao Sporting [Supertaça] e ao Paços de Ferreira não preocupa Conceição. O facto de o rival jogar em casa e estar num melhor momento de forma não o coloca num plano favorito para vencer o clássico, defende o técnico do FC Porto.

"Sinceramente não vejo as coisas por aí. Preparamos a equipa de uma forma totalmente confiante. Estamos focados e muito motivados para tentar ganhar o jogo. Toda essa envolvência, com o momento melhor ou pior... fica tudo em banho-maria. Não vejo as coisas de outra forma", destacou.

O Benfica-FC Porto, da 3.ª jornada da I Liga, está marcado para às 19h00 deste sábado e poderá ser acompanhado no SAPO Desporto, com fotos e vídeos dos principais lances.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.