Benfica e FC Porto voltam a cruzar caminhos à 14.ª jornada, no segundo grande clássico da temporada depois do Sporting-FC Porto da 4.º jornada (2-2).

Trata-se do segundo embate da temporada entre as duas equipas, depois do FC Porto ter conquistado a Supertaça frente ao Benfica no final do ano passado (23 de dezembro) por 2-0.

Sem espinhas. FC Porto vence Benfica e conquista Supertaça
Sem espinhas. FC Porto vence Benfica e conquista Supertaça
Ver artigo

O FC Porto chega ao clássico depois de um série impressionante de 10 triunfos consecutivos em todas as competições. Nos últimos 16 encontros, a equipa orientada por Sérgio Conceição somou 15 triunfos e apenas um empate, em casa frente ao City de Pep Guardiola (0-0).

Os dragões vivem assim um ótimo momento, ao estarem em todas as frentes. Na terça-feira, asseguraram lugar nos quartos de final da Taça de Portugal depois de terem batido o Nacional da Madeira por (2-4) após prolongamento. Luis Diaz, Evanilson, Sérgio Oliveira e Taremi marcaram para o FC Porto, Riascos e Rochez para o Nacional.

Na Taça da Liga, os campeões nacionais estão qualificados para a final 'four', onde vão enfrentar o Sporting nas meias finais (Dia 19 de janeiro). Na Liga dos Campeões, o FC Porto terminou no segundo lugar do grupo C, a apenas a três pontos do City. Os azuis e brancos somaram quatro vitórias, um empate e uma derrota na fase de grupos e vão defrontar nos oitavos de final a Juventus de Cristiano Ronaldo.

No campeonato, o FC Porto está no segundo lugar da classificação com 31 pontos a quatro pontos do líder Sporting: Em 13 jogos, os dragões somaram 10 vitórias, um empate e duas derrotas. A equipa de Sérgio Conceição é ainda o melhor ataque da prova com 35 golos.

Já o Benfica, em 25 partidas, somou 16 vitórias, cinco empates e quatro derrotas em 2020/21.

O percurso da equipa de Jorge Jesus tem sido pautado por alguma irregularidade. Os últimos resultados são prova disso mesmo: um empate (Frente ao Santa Clara nos Açores) e uma derrota (frente ao FC Porto na Supertaça) nos últimos cinco encontros.  Na Liga, os encarnados somam 10 vitórias, um empate e duas derrotas. Ocupam a segunda posição, com os mesmos pontos do FC Porto. O arranque até foi positivo, com cinco triunfos consecutivos, mas depois as águias somaram duas derrotas, frente a Boavista (0-3) e SC Braga (2-3), que fizeram com que os encarnados deixassem a liderança da Liga. No início do ano, o Benfica somou um empate nos Açores frente ao Santa Clara, o que possibilitou que os dragões passassem a ter os mesmos pontos do adversário da próxima sexta-feira.

Na Taça da Liga, o Benfica também tem garantido um lugar na 'final four', depois de ter batido o V. Guimarães na marcação de grandes penalidades nos quartos de final da competição (5-2).

Na Taça de Portugal, as águias derrotaram na terça-feira, o Estrela da Amadora por 4-0 (Bis de Chiquinho, um golo de Seferovic e Waldschimidt) e seguiram em frente para os quartos de final, onde ainda aguardam o adversário que sairá do embate entre o Fafe e o Belenenses SAD.

Por fim, na Liga Europa, o Benfica terminou a fase de grupos (grupo D) no segundo lugar, a dois pontos do Rangers: O saldo é de 12 pontos somados, depois de três vitórias, três empates e nenhuma derrota. Nos 16 avos de final as águias vão defrontar o Arsenal.

Veremos o que vai acontecer no clássico da próxima sexta-feira, sendo certo que uma derrota para qualquer uma das equipas poderá comprometer as aspirações em relação à conquista do título nacional.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.