Apresentado no Benfica esta sexta-feira, Everton explicou por que escolheu o clube da Luz e aproveitou também para esclarecer a chamada que recebeu de Jorge Jesus antes do clássico do Grémio com o Internacional, que suscitou muitas críticas por parte do emblema gaúcho.

"Não falou nada da partida do dia seguinte. Só falou do Benfica e do projeto. Foi esse o tema. Quis saber do meu interesse do projeto. Eu disse que seria um prazer trabalhar com ele e fazer parte deste projeto", frisou.

"Tive boas referências do mister [Jorge Jesus] e de atletas que trabalharam com ele. Teve muita importância na minha escolha. Pude acompanhar o trabalho dele de perto, vi o trabalho dele de perto, quis experimentar e com certeza vou crescer muito com ele", acrescentou.

O objetivo na Luz é “conquistar títulos”, refere o novo camisola 7 da equipa da águia. “Espero dar alegrias aos adeptos”.

“O Benfica não fica atrás de nenhum clube da Europa. A estrutura é top e Estou a realizar um sonho estar a jogar na europa e num clube como o Benfica”, acrescenta.

O extremo internacional brasileiro Everton Soares, também conhecido como Cebolinha, de 24 anos, alinhava desde 2013 no Grêmio de Porto Alegre, clube ao qual chegou com 17 anos, tendo acabado por se tornar num dos principais destaques do plantel principal do ‘tricolor’, contabilizando 274 jogos e 69 golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.