Carlos Carvalhal era um treinador feliz, depois de ver a equipa do Rio Ave vencer o Boavista e garantir a presença europeia graças ao empate do Famalicão. Na flash interview à Sport TV, o técnico deu os parabéns à sua equipa e deixou também uma palavra ao Famalicão.

"Dar os parabéns ao Famalicão, fez um época absolutamente fantástica. Penso que acabámos por ser mais regulares. Mas se o Famalicão tivesse na nossa posição seria inteiramente justo, já que praticaram um grande futebol, o João Pedro é um grande treinador. Fomos nós mas se estivessem eles, Portugal estaria muito bem representado na próxima época", disse.

Carvalhal não esqueceu, contudo, o momento mais complicado da época na sua opinião, quando a equipa perdeu o acesso à Final Four da Taça da Liga.

"Creio que praticámos um futebol de grande qualidade, é um acesso à Liga Europa com um futebol de grande qualidade, com valorização de jogadores. Eu fico com um amargo, e não me vou esquecer, esta equipa merecia ter ido à Final Four da Taça da Liga e foi nitidamente afastada da competição. (...) Mas infelizmente nós não perdemos o acesso, foi-nos tirado e eu durante a época não me esqueço desse momento que me levou a pedir a demissão na altura", recordou.

O treinador abordou ainda as propostas que tem recebido para a próxima época, tendo sido confirmado pelo Presidente do Rio Ave após a flash que o técnico iria deixar os vila-condenses. Carlos Carvalhal afirmou que nunca na sua carreira tinha recebido tantas propostas e que isso se deve à campanha do Rio Ave.

"Tenho várias [propostas], em Portugal, em Inglaterra e noutros países. Estou muito feliz com isso. É também, no fundo, a repercussão de uma época de grande qualidade. Querem que transporte o conceito do Rio Ave para esses clubes", concluiu.

*Artigo atualizado às 22h08

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.