Declarações de Bruno Lage, treinador do Benfica, no final da partida com o Belenenses SAD, da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, que os encarnados venceram por 2-0.

Relva: "Antes de tudo, queria falar de um assunto e só o vou fazer porque ganhámos, senão podia soar a desculpa. Esta relva dificulta muito a qualidade dos jogadores, de ambas as equipas. O Belenenses tem uma excelente equipa. É um facto que, na teoria, e na prática também, temos melhores jogadores do que o Belenenses, mas só uma grande equipa podia parar este Belenenses".

Primeira parte: "A primeira parte com grande pressão, condicionámos o sistema habitual. Conseguimos bloquear de alguma forma, depois com bola fomos inteligentes a procurar corredor e espaços certos".

Segundo tempo: "Segunda parte novamente com uma com boa entrada da nossa parte, depois com alguma naturalidade chegámos ao golo. Esse momento marcado por Belenenses com mais equilíbrio, posicionou-se mais à frente. Depois com a nossa resposta, com entrada do Chiquinho, mais uma vez com a dinâmica com que ele está, foi fundamental para criarmos aquela oportunidade de golo e marcar o segundo. Só um grande Benfica podia parar este Belenenses, criámos muitas oportunidades e estamos muito contentes".

Dupla Pizzi-Rafa: "O que é que posso dizer? Não é olhar só para dois jogadores. Os movimentos deles favorecem movimentos de outros e eles também são favorecidos por movimentos de outros. Não quero realçar ninguém, ambos estão em num bom momento de forma, marcaram os dois golos e estamos satisfeitos".

Jogo com o FC Porto decisivo: "Não, não, é decisivo, isto é um longo caminho. Voltando ao Belenenses, só um grande Benfica é que podia parar esta equipa".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.