Anunciado como reforço do Benfica para a próxima época em fevereiro, Pedrinho ainda não terá sido registado pelas 'águias' no sistema internacional de transferências gerido pela Fifa, algo que leva a que o Corinthians não tenha ainda recebido qualquer adiantamento do valor do negócio acertado com os 'encarnados'. Quem o afirma é a imprensa brasileira.

De acordo com o site 'gazetaesportiva.com', o empresário do jogador, Will Dantas, vai viajar até Portugal nos próximos dias para perceber por que razão a operação ainda não foi concluída e tentar agilizar a situação.

"Eles não aceitaram o TMS [Transfer Matching System, sistema internacional de transferências da FIFA] até agora. Quando se transfere um atleta para outro país, esse TMS é como se fosse o contrato do jogador. Eles precisam aceitar esse TMS, estou indo para lá ver porque ainda não aceitaram», referiu o agente em declarações à' Fox Sports'.

Recorde-se que o negócio foi acertado nos 20 milhões de euros, com o pagamento previsto em cinco parcelas. Ainda de acordo com a 'Gazeta Esportiva', o Benfica terá de executar o pagamento da primeira parcela até 15 dias após o referido registo no TMS.

Will Dantas garantiu ainda que não existe qualquer risco de o negócio vir a ser desfeito por culpa deste atraso, assegurando que a situação de Pedrinho não tem relação com a de Yony Gonzáles. "A chance de dar errado é zero, até porque os contratos estão assinados. Não tem nada a ver com o Yony. Se o devolveram é um problema entre Corinthians e Benfica", sublinhou.

Recorde-se que Yony foi emprestado pelo Benfica ao Corinthians em fevereiro, com acordo de compra. O empréstimo terminou e o clube brasileiro acabou por resolver não contratar o jogador, apontando o facto de este não ter feito o número mínimo de cinco jogos previsto no acordo de empréstimo. O pagamento acordado seria de 3 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.