António Miguel Cardoso é o novo presidente do Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, após ter recolhido 62,5% dos votos nas eleições hoje decorridas no Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense, informou o responsável pelo sufrágio, Pedro Xavier.

Sócio número 4.530, o empresário de 45 anos, natural e residente no Porto, recolheu 4.148 dos 6.637 votos contabilizados no ato eleitoral, impondo-se ao presidente em funções, Miguel Pinto Lisboa, que se recandidatou pela lista C e contabilizou 1.243 votos (18,7%), e ao candidato da lista B, Alex Costa, que obteve 1.161 votos (17,5%).

As eleições registaram ainda 57 votos em branco e 28 nulos.

Apesar de terem votado 67,6% dos 9.780 sócios inscritos nos cadernos eleitorais, a afluência às mesas de voto foi inferior à de 20 de julho de 2019, quando 7.083 associados vitorianos elegeram Miguel Pinto Lisboa com 50,6% dos votos, à frente do presidente hoje eleito, António Miguel Cardoso, com 31,1%, e de Daniel Rodrigues, com 16,8%.

É a primeira vez na história do clube minhoto, que assinala os 100 anos no próximo 22 de setembro, que um presidente em funções perde umas eleições.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.