O FC Porto, segundo classificado da primeira liga com 41 pontos, desloca-se esta segunda-feira à Madeira para medir forças frente ao 17.º classificado Marítimo no encontro imediatamente anterior ao clássico frente ao Sporting.

Os azuis e brancos quererão certamente corrigir o resultado da 1.ª volta frente aos insulares que deixou um amargo de boca no reino do Dragão. Na 3.ª jornada, o Marítimo impôs-se por 2-3 no Dragão, com um bis de Rodrigo Pinho e um tento de Nanú que se viria a transferir para o emblema azul e branco.

Já se sabe que os Dragões estão proibidos de perder pontos, ainda para mais antes da receção ao primeiro classificado da Liga, partida em que o conjunto orientado por Sérgio Conceição tentará diminuir as diferenças.

Momento de forma das duas equipas

Depois de quatro empates consecutivos, três para a Liga - frente a Boavista, SC Braga e Belenenses SAD - e um para a Taça de Portugal (na 1.ª mão frente aos bracarenses, 1-1), os dragões regressaram aos triunfos. Mas não se tratou de uma vitória qualquer, o adversário era nada menos do que a poderosa Juventus. Os portistas estiveram a vencer por 2-0, com golos de Taremi e Marega, mas permitiram que os 'bianconeri' reduzissem já perto do final para partida por Federico Chiesa. Ainda assim, os dragões estão em vantagem na eliminatória e têm boas perspetivas com vista à passagem aos oitavos de final da Champions. Quem sabe se esta vitória não poderá funcionar como fator motivacional para que os dragões ataquem com toda a força o que resta da temporada. Mas a resposta terá que começar a ser dada no jogo desta noite.

Já em relação ao adversário, o Marítimo vem de um ciclo muito negativo. Os insulares somaram seis derrotas nas últimas seis partidas: Cinco para o campeonato e uma para a Taça de Portugal. O conjunto orientado por Milton Mendes ocupa neste momento o 15.º lugar da tabela classificativa, com 17 pontos, em 19 jogos. Conta ainda com saldo negativo no que diz respeito à diferença de golos: São 18 marcados e 28 sofridos.

Histórico de confrontos

Em quarenta confrontos na casa dos insulares, o FC Porto leva a melhor com 19 vitórias contra 9 do Marítimo e 12 empates. Ainda assim, não deixa de ser um terreno tradicionalmente complicado para o conjunto portista. Nas últimas oito temporadas, os dragões apenas por duas vezes conseguiram vencer nos Barreiros para o campeonato, contra duas vitórias do Marítimo e quatro empates. Na temporada passada, as duas equipas empataram a uma bola. Franck Bambock (11´) deu vantagem aos donos da casa, mas Pepe marcou o golo do empate já na parte final do encontro à passagem do minuto 84´.

O que dizem o treinador do FC Porto e o jogador do Marítimo

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto: "Todos os jogos do campeonato são difíceis, especialmente contra equipas que precisam de pontos. Sabemos que historicamente é difícil ir à Madeira e vencer o Marítimo. Estamos alertados para isso e para um terreno que já há algum tempo que não é dos melhores. Temos de estar preparados para tudo."

Zainadine. jogador do Marítimo: “Temos de virar a página já na segunda-feira. Jogando em casa, temos de nos impor e é isso que vamos fazer. Precisamos de uma vitória para poder dar o ‘clique’ que estamos à espera há muito tempo".

Árbitro

Vítor Ferreira da AF Braga foi o árbitro designado para dirigir o encontro entre o Marítimo-FC Porto, que terá lugar esta segunda-feira, às 19 horas, no Funchal, e que fecha a jornada.

O jogo

O encontro tem o pontapé de saída marcado para as 19h00 desta segunda-feira no estádio dos Barreiros. Poderá seguir aqui, AO MINUTO, todas as incidências do encontro e ver os vídeos com os principais lances da partida à medida que estes se forem sucedendo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.