Jamie Vardy voltou a abordar a transferência falhada para o Arsenal. De acordo com o jogador, a sua opção de dizer não ao clube londrino deveu-se a motivos táticos. Para o avançado inglês, o estilo de jogo dos ‘gunners’ não iria ao encontro do seu.

"Tendo jogadores como Alexis Sanchez e Mesut Ozil a criar oportunidades de golo, o Arsenal sentiu que podia beneficiar do meu estilo de jogo. Mas também pensei do ponto de vista tático. Se olharmos para o estilo de jogo deles, nunca colocam a bola na frente para fazer aqueles arranques nas costas da defesa como eu gosto de fazer", confessou ao jornal ‘The Sun’.

No rescaldo da vitória frente ao FC Porto para a Liga dos Campeões, Jamie Vardy abordou a nova época após o ‘milagre’ da conquista da Premier League. O internacional inglês afirmou que a continuação de Ranieri foi um tónico para toda a equipa.

"Jogadores entram e saem. Foi mais porque vi o Leicester a querer construir algo a partir do título que conquistámos e eu quero fazer parte disso. Estou satisfeito como as coisas se desenrolaram. Depois de ter renovado, Ranieri enviou-me a mensagem a dizer ‘o sonho continua’. E é assim que me sinto exatamente".

O camisola 9 no Leicester City é um dos jogadores mais influentes da equipa inglesa. Na última temporada, Vardy foi um dos melhores marcadores de toda a Premier League.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.