Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, reagiu esta sexta-feira aos insultos dirigidos por um grupo de adeptos do Chelsea a Mohamed Salah. Num vídeo partilhado nas redes sociais, o avançado egípcio é apelidado de "bombista" pelos apoiantes dos 'blues'.

O clube londrino condenou o comportamento "abominável" dos indivíduos em questão e, esta sexta-feira, Jurgen Klopp também fez questão de reprovar o vídeo.

"É nojento. Mais um exemplo de algo que não pode acontecer. Não podemos olhar para isto como algo do Chelsea ou do Liverpool", começou por referir o treinador dos 'reds', na antevisão à 34.ª jornada da Premier League, onde o Liverpool vai medir forças precisamente com o Chelsea.

"Quem faz algo assim não devia poder entrar num estádio, nunca mais. (...) O futebol tem uma voz forte e temos de utilizar essa voz para mostrar que todos pensamos o mesmo. Não podem permitir que este tipo de coisas continue a acontecer", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.